segunda-feira, 3 de outubro de 2011

A imagem do ano


"Trata-se da ligação entre um cirurgião e o seu paciente, neste caso, um bebé ainda por nascer... Este bebé sofria de uma doença chamada Espinha Bifida e, caso fosse retirado do útero da mão, ele morreria.
Este cirurgião é dos únicos a terem esta capacidade de operar o feto, ainda no útero da mãe. A operação foi um sucesso e, quando o cirurgião se preparava para fechar a pequena incisão que tinha feito para alcançar o bebé, este esticou a mão (já perfeitamente formada) e agarrou um dos dedos do cirurgião, como se lhe estivesse a agradecer pela "vida" que o cirurgião tinha acabado de lhe dar"

Nas palavras do cirurgião: "foi o momento mais emocionante da minha vida".





2 comentários:

  1. É real?
    Fiquei com um nó na garganta e as lágrimas nos olhos...

    ResponderEliminar
  2. Sim querida é real. Extraordinaria a imagem

    ResponderEliminar